assinante_desktop_cabecalho

Aécio “sai da toca” e protocola projeto para punir quem se negar a tomar vacina

Ler na área do assinante

Nesta terça-feira, 27, o deputado Aécio Neves protocolou um Projeto de Lei que cria sanção a quem se recusar a tomar vacina contra o coronavírus.

Aécio é investigado em vários processos de corrupção.

O PL em questão estabelece as mesmas penalidades previstas no Código Eleitoral a quem não vota.

Caso seja aprovado, as pessoas que se recusarem a tomar a vacina, não poderão inscrever-se em concurso, prova para cargo, ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outras restrições.

“Quem recusar-se à vacinação estará agindo da mesma maneira que aquele que se recusa a participar das eleições. Este não é local nem momento para discutir a obrigatoriedade do voto. Nosso Direito e nossas convicções coletivas assim o consideram”, afirmou o deputado, na justificativa da peça.

E diz mais:

“É preciso cuidado com a possibilidade de que haja brasileiros que venham a se recusar à vacinação, seja por razões religiosas, filosóficas ou o que seja. A tarefa do Estado, ao determinar a vacinação, é proteger o direito de todos à vida, e sem esta evidentemente não há sequer opinião, quanto mais direitos.”

“Sumido” desde que seu nome começou a surgir nas listas de corruptos, Aécio parece voltar a fazer o que faz de melhor… Atrapalhar a vida do cidadão!

A eficácia de qualquer vacina precisa primeiramente ser comprovada, para que outras discussões possam ser alinhavadas.

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar