Advogado, filho do ex-presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, é assassinado dentro do escritório

Ler na área do assinante

Um crime bárbaro ocorreu na tarde desta quarta-feira (28) em Goiânia (GO).

O advogado Marcus Aprígio Chaves, filho do desembargador Leobino Valente Chaves, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), foi assassinado dentro de seu escritório de advocacia.

Um outro advogado, Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, colega de escritório de Marcus, também foi assassinado.

De acordo com a Polícia Militar, dois homens agendaram para serem atendidos pelos advogados.

Ao chegarem ao escritório, eles entraram e esperaram. Ainda conforme o relato, a secretária os levou até a sala dos advogados, momento em que os criminosos colocaram as vítimas de costas e atiraram.

Ao ouvir os disparos, a secretária correu para uma outra sala e se trancou dentro de um banheiro.

De acordo com testemunhas, os criminosos fugiram em um carro branco, o mesmo em que chegaram ao local.

O presidente do TJ-GO, desembargador Walter Carlos Lemes, decretou luto oficial de três dias. "O Poder Judiciário do Estado de Goiás, por todos os seus órgãos, guardará luto oficial nos dias 28, 29 e 30 de outubro, em reverência à memória do filho do desembargador Leobino Valente Chaves"

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar