assinante_desktop_cabecalho

Guerra cultural: artistas de direita não devem se calar, afirma Angeli (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

O artista plástico Marco Angeli conversou com a jornalista Berenice Leite sobre o cenário cultural do Brasil e revelou ainda a emoção que foi entregar um retrato para o presidente, evento que ocorreu no dia 19/10.

“O estudo para o retrato estava pronto desde 2017 e a intenção era entregar ainda em 2017 para Bolsonaro, antes das eleições, mas com correria de todos nós, não foi possível. Há dois meses, conversando com a deputada Bia Kicis, que é nossa amiga, ela acabou levando o estudo para Bolsonaro, e ele me convidou para ir à Brasília entregar a tela. Foi bacana, eu não esperava nada disso”, comentou o artista.

Existem grandes artistas de direita, que estão calados

Com uma longa carreira em agências de publicidade, Angeli sempre teve um grande interesse pela área de criação. Em 1985, ele começou a pintar e não parou mais. Conhecendo a fundo o cenário das artes do Brasil, Angeli falou sem medo sobre a guerra cultural, sobre a relação de alguns artistas com antigos governos de esquerda, e de como a arte foi comprada para que o regime lulopetista tivesse a sua disposição vozes de aluguel.

“A gente vê uma elite da classe artística, que não representa verdadeiramente a classe artística, querendo o atraso de volta, o retrocesso, coisa que eles fizeram o tempo inteiro por interesse, tinha Lei Rouanet... Existem grandes artistas de direita, sim, no Brasil, músicos, escritores, artistas plásticos... que estão calados, e é preciso que isso mude”, ressaltou Angeli.

Confira:

Confira algumas obras de Marco Angeli:

Você quer saber como ajudar o Jornal da Cidade Online?

É simples, fácil e rápido...

Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar