Lava Jato chega no empresário envolvido no caso Celso Daniel

No dia 1º de abril a Polícia Federal chega no homem que pode desvendar uma das maiores mentiras dos últimos tempos, envolvendo políticos, empresários, crimes, criminosos e corrupção. O caso Celso Daniel.


Dois mandados de prisão temporária foram cumpridos e dois de condução coercitiva.

Já estão presos o empresário e dono do ‘Diário do Grande ABC’, Ronan Maria Pinto, e o ex-secretário-nacional do Partido dos Trabalhadores Silvio Pereira. Foram conduzidos coercitivamente, outro ex-dirigente petista, o ex-tesoureiro Delúbio Soares e o jornalista e diretor editorial do site ‘Opera Mundi’, Breno Altman.

Também estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Ronan Maria Pinto era o líder de uma esquema de propina de empresas de transporte contratadas pela Prefeitura de Santo André (SP) na gestão do prefeito Celso Daniel, executado a tiros em janeiro de 2002.

O empresário foi condenado a 10 anos de prisão pelos crimes de concussão e corrupção passiva. O caso Celso Daniel, no entanto é um capítulo emblemático na trajetória do PT.

O prefeito teria sido assassinado porque teria tentado interromper a corrupção que se instalou em seu governo, com a participação de figuras graduadas do petismo.

O assassinato de Celso Daniel é provavelmente um crime político sem precedentes na história do Brasil.

Para não permitir que o crime fosse desvendado, mais sete pessoas foram assassinadas, ou pelo menos tiveram mortes extremamente suspeitas.

Bruno Daniel, o irmão de Celso, que por motivo de segurança hoje mora na França, acusa o então chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República, Gilberto Carvalho, de nada ter feito para esclarecer o crime, insinuando a sua participação.

O detalhe sórdido é que a gravação de uma conversa entre Gilberto Carvalho e Sérgio Gomes da Silva, conhecido como  'Sombra', também suspeito, demonstra a clara intenção da dupla de não permitir a elucidação do crime.

da Redação

Vejam o vídeo:

                        https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política