PF na cola de prefeito pupilo de Ciro: Desvios de recursos para o combate a pandemia

Ler na área do assinante

Na manhã desta terça-feira, 03, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Cartão Vermelho, que investiga supostos desvios de recursos públicos destinados ao combate da Covid-19 em Fortaleza.

No total estão sendo cumpridos 27 mandados de busca e apreensão em domicílios de investigados em Fortaleza, São Paulo e ainda em Pelotas - RS.

Segundo a investigação, os prejuízos aos cofres públicos são superiores a R$ 7 milhões, tendo sido autorizado pela Justiça Federal o bloqueio desses valores em contas das pessoas jurídicas investigadas.

A Polícia Federal apontou indícios de atuação criminosa de servidores públicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, gestores e integrantes da comissão de acompanhamento e avaliação do contrato de gestão, dirigentes de organização social paulista contratada para gestão do hospital de campanha e empresários.

A Operação Cartão Vermelho ocorre em parceria com a Controladoria Geral da União. O trabalho conta com a participação de 120 policiais federais e 22 servidores da CGU.

Até o momento o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), não se manifestou.

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: G1

da Redação
Ler comentários e comentar