assinante_desktop_cabecalho

Caso Mariana Ferrer: O outro lado da moeda

Ler na área do assinante

Julgo ser correto observar todos os lados de uma história, mesmo quando esta me parece assustadora e medonha.

Em meio a tanto ativismo judicial e de tanta histeria, preciso ser prudente e honesto com tudo que escrevo e faço. Devo aos meus leitores e acima de tudo ao jornal onde ofereço meus artigos.

O assunto tomou um nível alto de comoção e isso de fato, mostra que a empatia e a sede justiça ainda seguem vivas em nós.

Segundo a leitura que fiz da sentença, 51 páginas, e de comentários de amigos conservadores, devo dizer que há nuances a ser postas em claro.

A sentença deixa claro que a absolvição se deu pela inconsistência de provas; o relato da jovem Marina Ferrer foi desmentido por testemunhas e ademais o exame toxicológico deu negativo.

O certo é que, de fato, houve sim conjunção carnal, contudo não há, até o momento, como declarar o empresário André de Camargo Aranha culpado, pois não há provas que sustentem de modo claro e contundente sua culpabilidade.

Estamos vivendo tempos onde um número absurdo de denúncias falsas, que estão sendo exploradas e expostas pela mídia como verdadeiras e inquestionáveis, surgem hoje para amanhã serem provadas como falsas. O peso de um crime, mesmo ele não tendo sido real, pode destruir uma vida.

De fato, há dúvida em relação ao estupro ter sido realizado e o termo “estupro Culposo” não está presente na sentença emitida pelo juiz Rudson Marcos, da 3ª Vara Criminal de Florianópolis.

A questão que mais choca é a linha adotada pelo advogado do empresário, considerada por muitos como demasiado ofensiva para com a jovem Marina.

Esse parece ser mais um capítulo de uma história onde espero que a justiça seja feita. O caso será acompanhado e qualquer nova perspectiva ou informação será trazida para os leitores.

O auto da sentença será colocado em anexo a este artigo.

Confira:

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Carlos Alberto Chaves Pessoa Júnior

Carlos Alberto Chaves Pessoa Júnior

Professor. É formado em Letras pela UFPE.

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar