assinante_desktop_cabecalho

Faltando poucas horas para a prescrição, Justiça pega Serra e o torna réu por caixa 2, corrupção e lavagem de dinheiro

Ler na área do assinante

A Justiça surpreendeu e conseguiu pegar o senador José Serra, faltando apenas algumas horas para a prescrição do processo.

O tucano virou réu na Justiça Eleitoral de São Paulo, nesta quarta (4), acusado de receber R$ 5 milhões em caixa dois na campanha de 2014.

O senador responderá na Justiça pelas acusações de falsidade ideológica eleitoral, corrupção e lavagem de dinheiro.

O processo estava com o ministro Gilmar Mendes que o devolveu apenas nesta quarta-feira (4) para a 1ª instância.

O juiz eleitoral Marco Antonio Martin Vargas recebeu a denúncia do Ministério Público Eleitoral de São Paulo algumas horas depois.

Caso o magistrado não decidisse nesta quarta, Serra não responderia à ação por ela ter excedido o prazo máximo para a análise do juiz.

Serra é acusado de receber doações não declaradas à Justiça Eleitoral durante a campanha em que foi eleito para o Senado.

Segundo a acusação, o repasse foi feito por meio de uma estrutura financeira e societária montada por José Seripieri Filho, fundador da Qualicorp, que também se tornou réu nesta quarta.

O documento foi assinado pelo juiz eleitoral às 21h17.

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar