Eleições no Brasil: Bolsonaro x Pandemia

Ler na área do assinante

Enquanto muita gente despende atenção para as eleições americanas, há problemas bem perto de nós e que precisamos resolver.

Afinal, seja o que acontecer nos EUA, isso será maximizado ou minimizado aqui, dependendo dos prefeitos e vereadores que forem eleitos.

Por isso, faltando poucos dias para as eleições municipais no Brasil, resolvi fazer uma pequena e necessária série sobre o tema.

Neste primeiro vídeo, um breve comentário sobre o peso de duas forças atuantes nesta eleição: o apoio de Bolsonaro a candidatos e a situação atípica da pandemia. Infelizmente, as notícias não são boas.

Sobre o apoio de Bolsonaro a candidatos, independentemente do que dizem as pesquisas (até porque acho pesquisa de campanha municipal pouquíssimo confiável), creio que deve pesar menos do que a maioria das pessoas acha.

Primeiro porque em eleições municipais as pessoas costumam estar mais preocupadas com a possibilidade de resolução de problemas concretos do dia a dia, a despeito da pauta ideológica. O sentimento de proximidade e a expectativa em relação a problemas concretos pesam bastantes

Segundo porque alguns candidatos apoiados por ele em algumas das cidades mais importante não possuem tanta identificação com o eleitorado conservador e/ou bolsonarista. São candidatos do tipo "menos ruim".

Se houvesse um partido conservador com chapa montada e o natural apoio dele às pessoas do partido dele, faria muito mais diferença. Mas, na atual circunstância, sem trabalho de base previamente realizado, os candidatos continuam dependendo mais do que eles mesmos já construíram ou são capazes de construir.

O apoio do PR é bom para somar, não para resolver quase tudo, como ocorreu na eleição de deputados e de alguns governadores, quando fazer arminha com a mãe elegeu muita gente.

Como se já não bastasse essa situação, sem partido, sem trabalho de base, ainda teve a pandemia, que impediu o mais importante em campanhas municipais: o corpo a corpo com o eleitor.

Candidatos e eleitores ficaram em casa, enquanto quem tem a máquina na mão apareceu diariamente em lives e entrevistas, fazendo pose de salvador da humanidade, enquanto ajudava a jogar o país na maior crise das últimas décadas.

Confira o comentário no vídeo:

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Herbert Passos Neto

Herbert Passos Neto

Opinião Política.

Ler comentários e comentar