Se STF não se ‘acovardar’, Lula diz que assume na quinta a Casa Civil

Em rápido, mas empolgado discurso realizado neste sábado (2) em Fortaleza, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que pretende assumir a Casa Civil na quinta-feira (7).


‘Na próxima quinta-feira, se tudo der certo, se a Corte Suprema aceitar, eu estarei assumindo o ministério. Eu volto para ajudar a companheira Dilma’.

Lula ainda não pôde assumir o cargo por causa de uma liminar do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que entendeu que houve "desvio de finalidade" na indicação feita por Dilma.

No entendimento de Mendes, a presidente nomeou Lula para que ele deixasse de ser investigado e julgado na primeira instância, pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, já que ministros de Estado têm foro privilegiado no STF.

A decisão de Gilmar Mendes será submetida ao plenário do Supremo.

No pronunciamento, o ex-presidente voltou a afirmar que não é dono de um tríplex no Guarujá e de um sítio em Atibaia. ‘Eles inventam que eu tenho tudo isso’.

Sobre uma eventual concretização do impeachment, o petista afirmou que ‘a forma mais vergonhosa de chegar ao poder é tentar derrubar um mandato legal’.

Cerca de 2.000 pessoas participaram da manifestação, de acordo com a organização.

da Redação

                                        https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política