assinante_desktop_cabecalho

Como escolher candidato a prefeito? (veja o vídeo)

Cada eleição tem um contexto específico e o eleitor deve aproveitar ao máximo

Ler na área do assinante

A despeito do ideal que cada um tem de política, cada eleição é um evento concreto, único, que ocorre dentro de um contexto específico, a partir do qual o eleitor deve definir prioridades para tirar o máximo proveito, por pior que seja o contexto.

Neste vídeo da série da reta final das eleições, falo sobre os principais candidatos a prefeito de Santos e como decidi o meu voto. Talvez, o raciocínio apresentado sirva não só para quem é de Santos, mas também para quem está em outras cidades.

O contexto em Santos: faz tempo que tudo girar em torno dos mesmos grupos, dos mesmos interesses. Essa hegemonia se reflete na Câmara de Vereadores, que há muito tempo não é nada além de um órgão anexo do Poder Executivo. Dos 21 vereadores, a oposição fica restrita, quando muito, salvo raras e pontuais exceções, a dois vereadores do PT que quase sempre se elegem graças aos votos da ex-prefeita Telma de Souza, que engorda a legenda. De resto, todo mundo mais ou menos se acerta. Se fechasse hoje, ninguém sentiria falta.

A prioridade: a partir do exposto acima, penso que a cidade pode ganhar com a quebra dessa confortável hegemonia da turma que comanda a política da cidade há décadas. Logo, é preciso verificar se há candidato em condições para isso.

Os candidatos: entre os que tem mais chance de chegar ao 2º turno, o candidato da continuidade é Rogerio Santos (PSDB), ex-chefe de gabinete e homem de confiança do atual prefeito. Ele está na coligação que reflete a hegemonia citada acima: PSDB, DEM, PP, PSB, PL, Republicanos, Podemos e PSL. Como dizem por aí, "tudo junto e misturado".

Outro que não aparece mal nas pesquisas é Banha, do MDB, partido que sempre esteve na situação nas últimas décadas, grande parceiro do PSDB, por isso não me convence que seja uma verdadeira oposição ao tucano Rogerio Santos, muito menos ao establishment político municipal do qual ele faz parte e pelo qual já foi vereador 5 vezes.

O terceiro da lista que pode chegar ao 2º turno é Vicente Cascione, famoso advogado. Ele tem bom nome da cidade e já foi deputado federal duas vezes. Aos 78 anos, parece cansado. Não consegue respeitar o tempo das perguntas e respostas nos debates. Dá a impressão de que entrou no jogo de última hora (seu partido não tem chapa de vereadores), para tentar a sorte e negociar o capital político que ainda tem. Quando deputado pelo PTB, foi vice-líder do governo Lula na Câmara. Quando disputou a prefeitura em 2004, terminou em 3º e apoiou a petista Telma de Souza, que foi derrotada no 2º. Além disso, foi pandeminion nos últimos meses, o que acho péssimo.

O último do grupo bem posicionado nas pesquisas é Ivan Sartori. Aposentado recentemente, foi magistrado por 38 anos e o mais jovem presidente do Tribunal de Justiça de SP. Ou seja, além de ser qualificado para gestão pública, não veio da política, tem reputação ilibada, está num partido que não se coligou, não fez acordos. De direita, conservador, tem apoio direto de Jair Bolsonaro e demonstra saber ouvir o que é bom para a cidade, independentemente de onde vem a idéia. O único que pode quebrar a hegemonia dessa acomodada elite política que domina a cidade há décadas.

Os demais, tanto à direita, à esquerda, ao centro ou camaleão a gosto de freguês, não estão com campanhas fortes o suficiente para 2º turno. O máximo que vão fazer é se projetarem para 2022 ou negociar apoio a alguém no 2º turno.

Se você também acha que é que hora dar uma renovada na prefeitura de Santos, a melhor e mais pragmática opção é Ivan Sartori. Se votar nos demais por amizade ou por convicção ideológica, aumentará as chances de 2º para candidatos que são mais do mesmo e que sempre se entendem.

Confira:

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Herbert Passos Neto

Herbert Passos Neto

Opinião Política.

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar