assinante_desktop_cabecalho

“Evento adverso grave” faz Anvisa suspender testes com a vacina chinesa

Ler na área do assinante

São considerados eventos adversos graves de acordo com a Anvisa: “morte, evento adverso potencialmente fatal, incapacidade ou invalidez persistente, internação hospitalar do paciente, anomalia congênita ou defeito de nascimento, qualquer suspeita de transmissão de agente infeccioso por meio de um dispositivo médico e evento clinicamente significante".

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, alega que a morte de um voluntário não teve relação com o teste.

O fato é que por determinação da Anvisa os testes estão suspensos.

A Coronavac é desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech.

O governo de São Paulo firmou acordo para a compra de 46 milhões de doses e para a produção do imunizante no Brasil por meio do Instituto Butantan.

E agora Doria?

Você se incomoda com as publicidades no site? Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar