assinante_desktop_cabecalho

Sobre as condutas nos testes das vacinas de Oxford, Johnson & Johnson e a chinesa

Ler na área do assinante

Atualização em 13/11/2020: De acordo com a agência Estadão Verifica, o Instituto Butantan comunicou a Anvisa sobre o chamado “evento adverso grave” envolvendo um dos voluntários. A notificação foi enviada no dia 6 de novembro, dentro do prazo de uma semana estabelecido pela agência.

Quando um voluntário morreu mesmo tomando placebo, a Oxford pediu a suspensão dos testes para a Anvisa, até que tudo fosse investigado.

Quando um voluntário na Europa apresentou problemas nos testes da vacina da Johnson & Johnson, a própria empresa suspendeu os testes e comunicou a Anvisa.

Agora, morre um voluntário com a Vachina e o Butantan e o Governo de São Paulo fingem que nada está acontecendo e se dizem surpresos com a suspensão?

Não. A resposta do questionamento acima é que houve a tal comunicação.

Você se incomoda com as publicidades no site? Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar