assinante_desktop_cabecalho

O caso do homem que salvou um menino de 10 anos, matou o pedófilo e pode ser condenado

Ler na área do assinante

Em fevereiro deste ano, Vladimir Sankin salvou um garoto de 10 anos das mãos de um pedófilo.

Mecânico, 34 anos, ele pode ser condenado a até 15 anos de prisão pelo seu ato de heroísmo, na Rússia.

Em um vídeo, o mecânico russo agradece o apoio que tem recebido — uma petição online contra a prisão dele foi assinada por 70 mil pessoas — e afirma que "todo homem faria o mesmo" naquela situação.

Os fatos aconteceram quando Vladmir ouviu os gritos de um garoto de 10 anos, que pedia ajuda para um amigo, que estava trancado no apartamento do pedófilo.

Vladmir invadiu o apartamento, salvou a criança e espancou o pedófilo, um criminoso com histórico de abuso de menores, incluindo o próprio filho.

Quando a polícia chegou ao local, o homem já estava morto.

Acusado pela morte do pedófilo, Vladmir admite que "não esperava que ele morresse", mas insiste no heroísmo do ato: “Eu salvei duas crianças”.

Você se incomoda com as publicidades no site? Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar