assinante_desktop_cabecalho

Manuela diz que vai 'copiar' projeto de SC que criou 20 Mi de empregos, porém, estado só tem 7 Mi de habitantes (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na retal final da campanha eleitoral, a candidata do PC do B, em Porto Alegre, Manuela D’Ávila, prometeu implementar um projeto na Prefeitura que, segundo ela, gerou 20 milhões de empregos em Santa Catarina.

O grande problema desta afirmação é que o estado catarinense só possui 7,1 milhões de habitantes, segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2019.

“A Prefeitura tem a capacidade de um fundo garantidor que, para quem não está acostumado, é um fiador do empréstimo. Com R$ 15 mi de fundo garantidor, a Prefeitura alcança R$ 200 mi de empréstimos no microcrédito. Para a gente ter uma referência do que isso significa de emprego gerado, Santa Catarina com esses R$ 225 mi, garantiu 20 milhões de empregos gerados”, mentiu.

Apontando como prioridades em seu mandato o emprego, a educação e a vacinação contra o coronavírus, causa espanto que o projeto da comunista esteja com dados tão fora da realidade para uma bandeira muito levantada por ela, que sempre argumenta o desemprego gerado pela pandemia.

“Então, a partir disso, estabelecemos algumas prioridades. Dividimos em três questões. A primeira é das políticas relacionadas ao emprego e renda”, disse.

Ao citar as tais propostas de microcrédito “para pessoas e pequenas empresas de bairros periféricos, Manuela ainda soltou mais uma pérola. “Também “bolamos” uma política de subsídio para recontratação com que a Prefeitura possa arcar com parte dos vencimentos do comércio ou do setor de serviços que recontratar mulheres, jovens ou aqueles que estão envelhecendo à margem dos chamados “trabalhadores ideais”.

Talvez, Manuela tenha problema em fazer cálculos. Pois, segundo foi apurado, o patrimônio dela cresceu 382% em dois anos.

Na candidatura à vice-presidência na chapa de Fernando Haddad, ela declarou ao Tribunal patrimônio no valor de 94 mil reais. Mas, para as eleições deste ano, ela informou outro número: R$ 455,5 mil.

Liderando as pesquisas para a prefeitura de Porto Alegre, Manuela D’Ávila não comentou o aumento apenas os 69 mil reais que possui em livros.

O fato é que mentira tem perna curta, memória falha e agora falta de raciocínio lógico.

Confira:

Você se incomoda com as publicidades no site?

Você quer ajudar o Jornal da Cidade Online?

Então, faça a sua assinatura do JCO e navegue no site sem nenhuma publicidade.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar