assinante_desktop_cabecalho

Prepotente, Covas 'censura' enquete de Twitter feita por jornalista (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em uma clara demonstração de arrogância e prepotência, Bruno Covas entrou com pedido junto à Justiça Eleitoral para que uma enquete realizada no Twitter pelo respeitado jornalista Bernardo Küster, fosse retirada.

Bernardo fez questão de publicar um vídeo onde nos conta o ocorrido.

Segundo ele, na enquete perguntando as seus seguidores as suas intenções de voto, cerca de 40 mil pessoas responderam, e a maioria declarou voto para Celso Russomanno.

Ao saber da publicação, Bruno Covas resolveu entrar com um processo junto à Justiça Eleitoral, alegando que tal “pesquisa eleitoral” não teve seus dados divulgados, não utilizou o método exigido e não foi registrada no TSE.

A decisão foi de que, se não retirasse a publicação em um prazo máximo de 12 horas, após a citação, Bernardo teria que pagar multa de R$ 10 mil.

Indignado, Küster perguntou:

“Bruno covas... você está desesperado, né? É uma pesquisa de Twitter. Tem censura ou não tem nas redes sociais?”.

Assista ao vídeo na íntegra:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar