assinante_desktop_cabecalho

Em tempos de globalismo e esquerda global: Quem poderá nos salvar?

Ler na área do assinante

Alguns dirão: o Chapolin colorado, é claro! Mas será que esse Chapolin estaria encarnado na figura do Republicano Donald Trump cujo adversário é patrocinado por Globalistas, pelos grandes banqueiros e pela própria China?

Ou... seria o Bolsonaro eleito pelas “tias do Zap”(esmagadoramente) e por meia dúzia de “gatos pingados” que não dominam as estratégias políticas e eu me refiro ao despreparo da Direita conservadora, se comparado aos Grupos de Esquerda que são treinados para defender todo tipo de narrativa que se ajusta aos tempos, visto que não se guiam por ideologia, necessariamente.

Na prática são peritos em aparelhamento e nas “tecnologias do parasitismo” generalizado que vem praticando a décadas (em muitos lugares há séculos) desde que ascendem ao poder.

Bem, veremos os próximos capítulos..., mas o que vamos fazer sobre isso?

Uma coisa é certa: existe uma trama global, mais do que evidente, que além dos players citados ainda inclui parcela majoritária da mídia absolutamente contaminada ao redor do mundo, mas sobretudo nos EUA e...no Brasil.

A eleição de Trump em 2016, por exemplo, deu origem ao Sleeping Giants (que em Maio de 2020 migrou para o Brasil), que aliado às plataformas de mídias sociais articularam uma “frente” universal de censura, fake News e uma série de “narrativas” cuja intenção parece ser principalmente a de “dividir o Planeta”...dividir sim, pois é a principal forma de enfraquecer.

Como sabemos, não falta dinheiro ao pessoal da esquerda, que no entanto, não imaginava que a resistência a essa estratégia distópica seria tamanha como temos verificando: não existem segredos impenetráveis na “era dos vazamentos” e facilmente vamos descobrindo como estamos sendo “sacaneados”, mesmo que muitas vezes “as provas disso sejam escondidas não só pelos criminosos, mas principalmente por quem os representa, regiamente remunerados.

O jogo é bruto amigos! Estamos à mercê de bandidos...que continuam firmes e fortes no poder absolutamente aparelhado ao longo de mais de 20 anos e que é difícil desmantelar.

Outra coisa é que apesar de que tudo hoje em dia deixa rastro, o poder dessa manipulação é monumental e está pronto a se defender. Sempre que aparece alguém a denunciar, como é o caso do Rodrigo Constantino, apenas para citar um exemplo, de pronto se torna alvo de ataques que visam destruir a reputação daqueles que se interpõe entre o “sistema Globalista” e seus objetivos nefastos que visam dominar e manipular a opinião pública para atingir seus objetivos de poder que hoje é cada vez mais Global e não apenas local.

No caso do Brasil, a “lei está absolutamente a serviço da esquerda” e a direita como diria nosso poeta maior, Carlos Drummond de Andrade: “só é solidária no câncer”...

União e estratégia é tudo que falta à Direita Conservadora...

Dessa forma, esse tipo de estratégia “desconstrutivista” só dá certo até aqui, dada a “ingenuidade” (que muitas vezes cai em narrativas e bate cabeça entre sí) e desagregação que a direita conservadora demonstra frente a “união e coesão” da Esquerda que é especialista em se aglutinar para parasitar a sociedade em todas as regiões do mundo (nesse exato momento a “nova esquerda” se movimenta para ganhar corpo e se recompor ou ocupar os espaços deixados pela “velha esquerda”. E virá com um novo discurso e posturas do tipo “frente popular” ou “Frente democrática” ou União democrática e coisas do gênero, contendo em suas fileiras, “artistas televisivos e outras entidades midiáticas” sem nenhuma substância política, mas com grande popularidade.

E tai o problema essencial, a direita se acostumou a obter resultados pelo próprio esforço, trabalhando e lutando para conquistar seu espaço, ou seja, não aprendeu a se utilizar de “narrativas e pseudo ideologias” que visam “fazer a cabeça” da população sempre à mercê de todo tipo de manipulação, principalmente propagada por “personagens politicamente corretos” contratados para “influenciar” a opinião pública e sempre visando “ganho fácil e recompensa pecuniária” como sempre ocorreu: basta ver o parasitismo que se entranhou na nossa área da cultura.

Um fenômeno sobre a Esquerda é que ela “se regenera” “quinem” lagartixa ajustando seu discurso (narrativa) aos elementos que se constituem “nas verdades da moda” como mencionei. Não por acaso, a “morte política do PT” no Brasil, fortaleceu outros grupos de esquerda que inclusive trarão de volta os militantes do PT devidamente “repaginados”/reembalados. Aliás, militância é algo que diferencia direita e esquerda no Brasil, pois a direita não tem...até porque os militantes da esquerda são militantes profissionais já que muitos não trabalham e vivem dessa militância.

Vem aí... já estamos vendo a “esquerda limpinha” com seu novo “discurso do bem”: você tem alguma dúvida vendo a nova estratégia do Boulos e que inclusive acaba de demonstrar sua eficácia nas urnas? Isso é só o começo... o que vem por aí é de dar nojo para quem entende esse jogo asqueroso típico da esquerda progressista e que agora tem youtubers e outras “celebridades” alinhadas às suas fileiras.

É isso que vai rolar...

AS ELEIÇÕES AMERICANAS SÃO UM ALERTA MUNDIAL

No momento em que escrevo este artigo as eleições nos EUA se encontram judicializadas e tem muita água para passar por debaixo dessa ponte, como diz o ditado. E embora seja razoável pensar que muitas das evidencias de fraude possam ser comprovadas, é bem possível que a decisão final venha a ser produzida na Suprema Corte Americana: o que tornará o processo de divisão orquestrado meticulosamente pelos Democratas, um sério problema para a sociedade Americana que vem sendo enfraquecida para atender aos interesses inescrupulosos dos interesses Socialistas e Globalistas, quem nem sempre são a mesma coisa mas às vezes são, como agora.

Você tem alguma dúvida de que esse filme não é uma reedição do que tivemos no Brasil em 2014 (e quem sabe 2018) e, ao mesmo tempo, que isso não seja a “avant premier” das nossas próximas eleições em 2022 onde o sistema altamente suspeito das urnas eletrônicas continuará a ser gerenciado de forma pouco ou nada confiável em sem nenhuma possibilidade de auditoria ou fiscalização?

A metodologia de promover a divulgação da totalização de votos sem nenhum visão do processo em curso e dando ao final (sempre com atraso...um atraso estranho) os “vencedores” dados pela mesma tecnologia que está sendo usada nos EUA e provida por uma empresa Chinesa, convence a quem?

Além disso, é impossível que uma votação que não produza um comprovante “material” seja plausível sem deixar fortes evidências de fraude.

Esse sistema cuja tecnologia se encontra na quarta geração, mas não no Brasil, necessita obrigatoriamente de um sistema paralelo que produza uma documentação que “materialize o voto” e, obviamente um sistema distinto ao que produz a votação eletrônica, além disso de um sistema de auditoria dissociado destes outros dois sistemas.

O pano de fundo que está criado deixa claro que o tic tac está rolando: estamos correndo contra o tempo para salvar o processo eleitoral Brasileiro de um provável desastre em termos de manipulação, só que aqui, bem mais fácil do que ocorreu nos EUA, pois basta um breve comando da “equipe de tecnologia” para determinar os resultados das eleições sem que nenhuma prova material possa ser produzida para ser alvo de contestação e auditoria.

Aprovar a impressão do comprovante do voto em paralelo ao voto digital torna-se IMPERATIVO para uma eventuais apuração/auditoria dos votos. Ou seja, é necessário que haja uma possibilidade de auditar, mesmo que por amostragem os votos de uma determinada região, Estado ou seção eleitoral.

Sem isso, a possibilidade de fraudes é total, ou alguém duvida? Veja o que está ocorrendo nos EUA mesmo com o comprovante impresso...imagine se fosse, também por lá, apenas o voto eletrônico?

O que quero dizer é que fraudar eleições é parte de uma Estratégia baseada em dinheiro, tecnologia e poder: que é tudo que a esquerda Globalista tem para dominar o planeta. Posso imaginar ainda a aludida votação via Celular que, para ser perfeita bastaria ser rodada numa rede 5G Chinesa.

DISTOPÍA COM DATA MARCADA

Se analisamos, me refiro a “ligar pontos” mesmo, o ambiente local ligado a uma visão global, ou seja, no que está acontecendo no mundo, podemos chegar à conclusão de que uma “distopia Socialista ou Globalista” se encontra absolutamente em curso.

Vou passar um “dever de casa” para quem lê o presente artigo, que é mais um alerta que estou tentando passar. Faça uma pesquisa simples e veja os resultados (e se aprofunde se achar que deve):

Tente entender o que representa a “Nova Rota da Seda” que vem sendo implementada pela China ao redor do Mundo.

Procure entender o que está sendo chamado de O GRANDE RESET (The Great Reset) e do que está por traz dessa “estratégia Globalista” em termos de manipulação.

As “narrativas” estão postas e, o que é pior, elas surtem efeitos: muita gente na Europa acredita que o Brasil está queimando as suas Florestas, o que inclui principalmente a Floresta Amazônica que a rigor dada sua humidade “não queima”. Ou, que temos um “aquecimento Global” defendido há décadas pelo “democrata” All Gore e que, na verdade pode ser questionado por outra teoria, talvez até mais defensável de que estamos caminhando a passos largos para um “Esfriamento Global”..., mas as narrativas tem foco e método e somos todos vítimas, se não buscarmos nós mesmos as informações já que o processo de dispersão serve até para pautar as ações da direita conservadora que tem que se debater todos os dias face movimentos desagregadores muito bem articulados pela esquerda.

A “História do Futuro” está sendo escrita no Presente. Um Hoje sinistro, distópico e a cada dia mais evidente, diferentemente do que era produzido no passado e levava décadas ... e agora é uma questão de anos. No fundo, o que muda essa equação é a velocidade em que se processa dada a conectividade promovida pelas redes (e não me refiro apenas às redes sociais), também dominadas e contaminadas como estamos tendo a oportunidade de ver.

“O ADMIRÁVEL MUNDO NOVO” distópico de Aldous Huxley já chegou e ainda vamos ter que encontrar o antídoto que possa nos salvar!

Quem será afinal o Chapolin Colorado? Acho que seremos nós!

Ouça o podcast: CLIQUE AQUI!

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de JMC Sanchez

JMC Sanchez

Articulista, palestrante, fotografo e empresário.

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar