Xi Jinping elogia OMS e Bolsonaro rebate com precisão: “A OMS necessita urgentemente de uma reforma"

Ler na área do assinante

Nesta terça-feira (17), o presidente Jair Messias Bolsonaro defendeu que a Organização Mundial da Saúde (OMS), precisa ser reformada “urgentemente”.

A declaração foi feita durante cúpula virtual dos Brics, após o discurso do ditador da China, Xi Jinping, elogiando a OMS.

Para Bolsonaro, a Organização está menosprezando os países ao se colocar como única conhecedora dos métodos de combate à pandemia.

“Desde o início também critiquei a politização do vírus e o pretenso monopólio do conhecimento por parte da OMS, durante a pandemia da Covid-19. O combate à Covid-19 foi feito prioritariamente por cada país, e não por organismos internacionais”, disse o presidente.

E continuou a crítica na mesma linha:

“É preciso ressaltar que a crise demonstrou a centralidade das nações para a solução dos problemas que hoje acometem o mundo. Temos que reconhecer a realidade que não foram os organismos internacionais que superaram os desafios, mas sim a coordenação entre os nossos países”.

Bolsonaro também defendeu reformas na Organização Mundial do Comércio (OMC) e no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar