assinante_desktop_cabecalho

PF apreende mais de meio bilhão de reais em bens durante operação contra esquema de extorsão

Ler na área do assinante

Nesta quarta-feira (18), a Polícia Federal e o Ministério Público cumpriram 46 mandados de busca e apreensão sobre um suposto esquema para blindar empresas de fiscalizações da Receita Federal, como parte da Operação Armadeira 2.

A atual operação é um desdobramento da Operação Armadeira, realizada em outubro de 2019, responsável por identificar um esquema de extorsão na Receita Federal e na força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal Criminal do RJ, decretou bloqueio de quase R$ 520 milhões em bens de investigados, além do afastamento, de suas funções públicas, de cinco auditores da Receita e a proibição de que mantenham contato com outros investigados. Não houve mandados de prisão.

“Foi identificado um complexo arranjo que buscava reduzir a cobrança de tributos devidos ou blindar empresas de fiscalizações”, declarou a assessoria da Receita Federal.

As redes de supermercado Mundial e Guanabara são suspeitas das supostas práticas.

Os investigados podem responder por concussão, corrupção e lavagem de dinheiro.

Confira:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar