assinante_desktop_cabecalho

“O ministro Alexandre de Moraes envergonhou a Suprema Corte”, afirma Oswaldo Eustáquio (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Em entrevista bombástica à equipe da TV Jornal da Cidade Online em Brasília, o jornalista Oswaldo Eustáquio falou sobre sua prisão domiciliar, decretada pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Eustáquio está usando tornozeleira eletrônica e mais uma vez é censurado e humilhado por incomodar poderosos – ele já havia sido preso em junho deste ano.

Há poucos dias, o jornalista denunciou um possível ‘laranjal’ de Guilherme Boulos, envolvendo empresas fantasmas, como noticiou a TV Jornal da Cidade Online:

Alegando fake news, a justiça ordenou a retirada do ar do vídeo no qual Oswaldo Eustáquio fala sobre Boulos, sem investigar as denúncias. Durante a entrevista, Oswaldo lembrou que é investigado - não é indiciado, condenado, sequer é réu - no inquérito nº 4828, referente a supostos atos antidemocráticos, e não no inquérito nº 4781, das Fake News.

“O próprio ministro sabe que não sou investigado no inquérito das Fake News. Foi uma decisão do Ministro Alexandre de Moraes que envergonhou a Suprema Corte em todo o mundo. Nos bastidores do STF já tem ministros indignados contra Alexandre de Moraes. É uma prisão ilegal, imoral, arbitrária, por crime de opinião”, desabafou.

Mais uma vez, os sindicatos e associações de jornalistas se calaram em relação à prisão de Oswaldo Eustáquio. A mídia tradicional também continua se referindo a ele como ‘blogueiro’. Para Eustáquio, é nítido que há um mecanismo envolvendo a imprensa e a justiça.

Operação Acrônimo e Alexandre de Moraes

Eustáquio revelou ainda que a mesma delegada que o investiga, teria encontrado indícios de propina envolvendo a empresa JHSF Participações e o escritório de advocacia do ministro Alexandre de Moraes.

https://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/10/1821020-ministro-da-justica-recebeu-r-4-mi-de-empresa-al...

“A operação Acrônimo, da Polícia Federal, encontrou R$ 4 milhões de propina para o escritório do ministro. A delegada encontrou isso aí e se calou. Para mandar me prender é fácil, e o ministro Alexandre de Moraes? Quais são os pesos e as medidas? Um jornalista preso, censurado, não tenho possibilidade hoje de trabalhar, de sustentar minha casa. Minha esposa deixou o trabalho dela no governo, de tanto que mentiram sobre nós, enquanto os maiores criminosos do Brasil estão soltos”, ressaltou o jornalista.

Confira:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar