Com Lacombe, Damares detona 'abortistas': "Assassinato e violência contra o corpo da mulher” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

No programa ‘Opinião no Ar”, da Rede TV!, a ministra Damares Alves discorreu sobre um tema que sempre causa polêmica: o aborto.

Em entrevista ao jornalista Luís Lacombe, Damares deixou muito claro seu posicionamento sobre a questão:

“O aborto não pode ser usado como método contraceptivo. O aborto não é planejamento familiar, mas assassinato e violência contra o corpo da mulher”.

Questionada sobre o projeto de lei na Argentina que pretende legalizar o aborto, diz que o Governo Bolsonaro apresentará, em breve, o maior programa de planejamento familiar, mas que não incluirá o aborto.

“Eu fiquei indignada, em pleno 2020, as pessoas ainda falarem de legalizar o aborto. Algo tão primitivo e tão animalesco”, disse a ministra.

Segundo a ministra, a intenção é incentivar o planejamento familiar, por meio de políticas públicas e investimentos na área.

“O aborto não é prazeroso pra nenhuma mulher, inclusive a mulher que está aí levantando cartaz: ‘Vamos legalizar o aborto!’. Quando ela passa pelo aborto, ela sabe que não é prazeroso”, afirmou Damares. O aborto não pode ser usado como método anticonceptivo. O aborto não é planejamento familiar. O aborto é agressão ao corpo da mulher e é assassinato.”

Confira:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar