assinante_desktop_cabecalho

Gargalhando e andando...

Ler na área do assinante

Os “jornalistas”, “analistas” e “especialistas” dos maiores meios de comunicação do país escreveram dezenas de textos ao término do primeiro turno das eleições, todos afirmando que Bolsonaro foi o grande perdedor!

Bolsonaro e a direita estão mortos; Bolsonaro e o “bolsonarismo” naufragaram; Bolsonaro perdeu porque analisou mal a cena política...Bolsonaro está morto...Bolsonaro já era em 2022.

Fatos são ocorrências, são eventos, são coisas verdadeiras, episódios que aconteceram. E qual é a verdade, quais são os fatos reais, após o resultado das eleições? Vejamos:

O Brasil tem 5.570 municípios. O PT, finalizado o pleito, venceu em 179 prefeituras! Isso mesmo. É isso que você está lendo! Vamos subtrair 5.570 de 179. Achamos um total de 5.391!

Sim, senhores, 5.391 municípios do Brasil deram um grande chute no traseiro dos petistas/comunistas!

Lula, os petistas, os “jornalistas”, os “analistas”, os “especialistas”, governarão e falarão para 1,86% de brasileiros que acreditaram em suas bravatas.

Agora pode soltar uma grande gargalhada. Um gargalhada enorme!

A grande onda conservadora que tomou conta do Brasil, não atingiu seu ápice com a eleição de Bolsonaro. Ao contrário, continuou crescendo e se expandindo, agora pelos sertões do Brasil! Eis o resultado da onda, repito: 5.391 municípios rejeitaram a ideologia comunista e seus representantes!

E por que os jornais, rádios, tvs, tvs a cabo, dizem exatamente o contrário?

Simples: é da natureza dos “comunas” a mentira. É por ela que eles vivem. É com ela que sobrevivem. Esse fato nos revela um outro: o Brasil foi completamente envenenado pelas aleivosias desses “jornalistas”, “especialistas”, e “analistas”, que através dos meios de comunicação, isolaram a opinião do povo brasileiro. A opinião do povo era o pensamento deles. A verdade era o que eles diziam e escreviam. A realidade e a comunicação rápida da internet os desmascararam. De “jornalistas” respeitados, transformaram-se em “humoristas” da pior qualidade. Nenhum brasileiro os leva a sério, com exceção de seus patrões que se acham donos do povo brasileiro e ainda imaginam que a opinião de seus vassalos possui alguma influência.

Sustentam suas opiniões dizendo que Bolsonaro apoiou fulano e sicrano nas capitais e esses não se elegeram.

E daí? Bolsonaro não é Deus e não manda no voto de ninguém.

Os habitantes dos municípios provaram que não são ‘teleguiados” e escolheram o candidato mais identificado com os problemas de sua cidade e não aquele que o Presidente gostava ou não gostava.

Disse Bolsonaro, fechando a tampa do caixão:

"Minha ajuda a alguns poucos candidatos a prefeito resumiu-se a 4 lives num total de 3 horas. A esquerda sofreu uma histórica derrota nessas eleições, numa clara sinalização de que a onda conservadora chegou em 2018 para ficar. Para 2022 a certeza de que, nas urnas, consolidaremos nossa democracia com um sistema eleitoral aperfeiçoado”.

Fatos, fatos, fatos! Fatos não são palavras!

O que se constata, ao final, é um crescimento monumental do conservadorismo no Brasil.

Um conservadorismo que sempre existiu, que estava lá, presente, entalado na garganta do povo sem poder sair, sufocado pelas ideias mofadas das esquerdas opressoras, e que foi crescendo, crescendo, elegeu Bolsonaro em 2018, quebrou os diques e as barreiras e como uma avalanche, em 2020, varreu de forma implacável os vermelhos do poder.

Longe de ser o grande perdedor das eleições, ou se encontrar morto politicamente, como dizem seus adversários, hoje, Bolsonaro não possui adversário. As pesquisas feitas pelos concorrentes trazem números desoladores para a oposição e os deixa sem candidatos para 2022.

Agora, solte outra gargalhada, e leia as manchetes publicadas neste 20 de novembro de 2020 e escondidas da população pelos grandes jornais:

“Aprovação de Bolsonaro chega a 68%, aponta pesquisa EXAME/IDEIA”.

‘A aprovação do presidente Jair Bolsonaro, contando ótimo, bom e regular, chegou aos 68%, aponta nova pesquisa EXAME/IDEA divulgada na manhã desta sexta-feira (20).”

(https://gazetabrasil.com.br/especiais/jair-bolsonaro/aprovacao-de-bolsonaro-chega-a-68-aponta-pesqui....

(https://www.revistavoto.com.br/bolsonaro-seria-reeleito-em-qualquer-cenario-aponta-pesquisa-exame-id....

(https://www.poder360.com.br/eleicoes/se-as-eleicoes-fossem-hoje-bolsonaro-estaria-reeleito-aponta-pe...),

(https://agoranoticiasbrasil.com.br/aprovacao-de-bolsonaro-chega-a-68-aponta-pesquisa-exame-ideia/).

Bom domingo!

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Carlos Sampaio

Carlos Sampaio

Professor. Pós-graduação em “Língua Portuguesa com Ênfase em Produção Textual”. Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

assinante_desktop_conteudo_rodape
Ler comentários e comentar