Namorado de Fátima “trai” duas vezes: o partido e o próprio chefe de gabinete, que pede demissão

Ler na área do assinante

O deputado Tulio Gadelha, mais conhecido como “namorado da Fátima Bernardes”, acaba de perder o seu chefe de gabinete.

Rafael Bezerra, que trabalhava com Túlio há mais de um ano, sentiu-se ‘traído’ pelo parlamentar, e resolveu cair fora, sem pestanejar.

O atrito envolve a disputa para a prefeitura de Recife.

O deputado declarou apoio à candidata do PT, Marília Arraes.

Foi a primeira ‘traição’. Esta, ao seu partido, o PDT, vez que a vice do outro concorrente, é do PDT.

Não satisfeito, o namoradinho da famosa publicou o seguinte em sua rede social.

"Meu chefe de gabinete foi procurado pela coordenação da campanha do PSB no Recife. Disse que eles estavam querendo 'negociar o meu silêncio' nesse segundo turno. Dá para acreditar?! Me senti testemunha de um crime".

Pura mentira.

Rafael Bezerra afirmou ter recebido a publicação de Gadelha com "grande consternação e tristeza" e negou que tenha sido procurado.

"Ainda que os elementos da comunicação estejam suscetíveis a ruídos, afirmar algo que nunca aconteceu fere o que poderia se considerar contornável mesmo dentro do que conhecemos como 'jogo político'", afirmou Rafael.

E ainda disse que a publicação de Gadelha foi "uma tentativa de exposição quase vil" e que continuará no PDT.

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Revista Época

da Redação
Ler comentários e comentar