Perita expulsa advogado de sala do Fórum e será processada (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Um fato inusitado ocorreu na cidade de Miguel Seabra, em Natal, envolvendo o advogado identificado como Fernandes Braga. Ele tentava acompanhar o trabalho de uma perita forense, identificada apenas como “Luciana”, no Instituto Técnico-Científico de Perícia, quando a profissional o expulsou da sala e se recusou a contribuir com o trabalho dele por diversas vezes.

Braga havia solicitado para a perita uma certidão negativa de acompanhamento, mas, ao invés de acatar o pedido do advogado, Luciana chamou a polícia militar para retirá-lo à força da sala. Claro que a PM não cumpriu a solicitação porque a atitude é ilegal.

O estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) garante aos profissionais o direito de circular, livremente, em: salas de sessões dos tribunais, dependências de audiências, cartórios, ofícios de justiça, qualquer repartição judicial, assembleias, reuniões, entre muitos outros locais onde se deva cumprir o trabalho advocatício.

Em face da atitude truculenta e antiética da perita forense, Fernandes Braga já avisou que entrará com um processo contra ela por não deixá-lo cumprir suas funções; mesmo depois que ele mostrou sua identidade de classe.

Confira o vídeo:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar