Ibope manipula dados eleitorais, acusa presidente do MDB no RS

Ler na área do assinante

O Ibope, outrora um respeitado instituto de pesquisas, parece que virou um instrumento de manipulação de dados, com o objetivo de influenciar a opinião pública e beneficiar determinadas candidaturas.

O caso de Porto Alegre é flagrante.

Em algo que sugere ‘orquestração’, o instituto foi mostrando um crescimento de Manuela D’Ávila, enquanto a campanha da candidata propagava a tese da ‘virada’.

Na véspera da eleição, a pesquisa indicava a propalada virada, apontando 51% a 49% para a candidata comunista.

Entretanto, as urnas apontaram uma vitória de Sebastião Mello por uma diferença superior a nove pontos percentuais.

O presidente do MDB no RS, deputado Alceu Moreira fez a seguinte acusação:

“A quem serve o Ibope no Rio Grande do Sul? Para quem trabalha manipulando dados na véspera eleição após eleição?”

Outros disparates foram observados em diversas outras cidades em todo o país e, como é sabido, essa prática é antiga e não é exclusiva do Ibope.

A picaretagem se repete em todo pleito.

O detalhe mais pernóstico é que em diversos casos a manipulação deve dar certo.

Isso é gravíssimo, é recorrente e a Justiça Eleitoral não toma nenhuma atitude.

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar