Ministro das Comunicações não perdoa e ironiza novo emprego de Moro

Ler na área do assinante

O ex-ministro Sérgio Moro arrumou um novo emprego.

Vai trabalhar numa renomada empresa americana de consultoria.

A partir de 1º de dezembro, Moro passa a comandar a área de disputas e investigações da Alvarez & Marsal.

A empresa tem em sua carteira de clientes algumas empresas brasileiras investigadas na Lava Jato. A Sete Brasil, a Odebrecht e a Queiroz Galvão.

Segundo informações, Moro vai receber muito mais do que recebia como magistrado ou como ministro. Uma pequena fortuna...

Trabalhar para uma empresa que tem como clientes empresas investigadas pela Lava Jato, sob qualquer circunstância, parece incoerente.

O ministro das Comunicações Fabio Faria, não perdoou e questionou Moro sarcasticamente:

“E a frase: ‘Prezada, não estou à venda’. Continua valendo?”

Pelo visto, não mais...

Confira:

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar