Consultoria indica que não há veto para a participação de Moro em casos de empresas atingidas pela Lava Jato

Ler na área do assinante

A possibilidade de que o ex-ministro Sérgio Moro venha a prestar serviços para empresas que foram alvo da Operação Lava Jato existe e não foi negada pela Alvarez & Marsal, a consultoria americana que acaba de contratar o ‘ex-herói’.

A empresa apenas diz que situações que possam gerar conflito de interesse e o impeçam de trabalhar com seus clientes serão avaliadas caso a caso.

O fato real é que o contrato de Moro não veda seu envolvimento com empresas atingidas pela Lava Jato na época em que ele foi o juiz da operação no Paraná.

Ou seja, o novo contratado poderá sim prestar serviços que envolvam a Odebrecht, a OAS, a Sete Brasil e a Queiróz Galvão, clientes da consultoria.

Por esse motivo que o ministro das comunicações Fábio Faria não perdoou e ironizou Moro. Sarcasticamente ele questionou:

“E a frase: ‘Prezada, não estou à venda’. Continua valendo?”

Pelo visto, não mais...

Fábio Faria é o genro de Sílvio Santos, mas parece que foi Moro quem entrou na onda do ‘tudo por dinheiro’...

Um movimento apócrifo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e implantar o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Ajude o JCO a continuar sobrevivendo com independência. Faça a sua assinatura.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação
Ler comentários e comentar