“DitaDoria” proíbe festas de final de ano em hotéis, bares e restaurantes

Ler na área do assinante

João Dória não tem qualquer piedade do povo de São Paulo.

Tenta, com todas as forças, tirar a “liberdade” dos cidadãos paulistas.

Nesta quinta-feira, 03, mais um ato ‘ditatorial’ foi anunciado!

O Centro de Contingência de Combate à Covid-19, montado pelo governador para coordenar ações contra a propagação da doença no Estado, recomendou que as celebrações de Natal e Ano-Novo tenham apenas 10 pessoas.

O coordenador do grupo, José Medina, também destacou que esse tipo de encontro deve ter duração curta, preferencialmente por até uma hora.

Além destas absurdas restrições nas festas domésticas, foram proibidas festas de Réveillon em estabelecimentos fechados, como bares, hotéis e restaurantes.

A indignação contra tudo isso vem do fato que há poucos dias aglomerações estavam sendo realizadas em razão da campanha eleitoral.

O próprio Doria comemorou com entusiamo a vitória de Bruno Covas.

O povo de SP não merece este “terrorismo” .

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar