Não comemore: O STF apenas fez o óbvio ao vedar à reeleição de Maia e Alcolumbre (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Quando algo lógico e sem margem para interpretações acontece, como seguir um texto claro da Constituição, como o parágrafo quarto, do Art 57, devemos ou deveríamos ter isto como normal.

No entanto, o que tem acontecido, quando nos referimos ao STF, que deveria ser o guardião máximo da nossa Constituição, é vermos nossa Carta Magna rasgada.

Nunca a frase de Bolsonaro, “ser honesto não é virtude, é obrigação”, fez tanto sentido.

O que os ministros do STF tem feito é testar os limites da opinião pública ao máximo - dando início a votações na calada da noite e acompanhando a reação popular nas mídias sociais, em manifestações ou até na nossa famigerada imprensa.

Se o povo cochilar, eles aprontam contra nós.

Parece que temos uma raposa dentro do galinheiro que não nos deixa em paz.

Por isto, não comemoremos uma votação que nem deveria ser pautada no STF, por excesso de clareza da Constituição.

Direto de Brasilia, veja o vídeo:

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Foto de Emílio Kerber Filho

Emílio Kerber Filho

Escritor. Autor do livro "O Mito - Os bastidores do Alvorada".

Ler comentários e comentar