Frota quer barrar a qualquer custo a candidatura de Arthur Lira para a Câmara

Ler na área do assinante

O deputado federal do PSDB de São Paulo, Alexandre Frota, tão logo soube que o Supremo Tribunal Federal (STF) barrou a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao seu terceiro mandato ilegal na Câmara, já resolveu dar o ar da sua graça e notificar a Procuradoria-Geral da República (PGR) para que impeça a possível candidatura de Arthur Lira (PP-AL) para o comando da casa.

“Hoje, ainda, estou entrando com uma notificação na PGR, na AGU (Advocacia-Geral da União), na Mesa da Câmara dos Deputados e no Conselho de Ética”, disse Frota ao site Metrópoles, acrescentando que o motivo seria o fato dele “não gostar de Arthur Lira e também pelo fato de Lira ter sido acusado pelo desvio de R$ 250 milhões”.

Arthur Lira, principal nome a suceder Maia na Câmara, é conhecido como homem de poucas palavras e aversão à imprensa. Apesar de ser um dos parlamentares mais poderosos do Congresso, ele é discreto, tem um conhecimento profundo do Regime Interno e é visto pelos colegas como alguém que honra suas promessas.

Ele foi denunciado em 2018, pela PGR, então chefiada por Raquel Dodge, que o acusou de um suposto esquema de “rachadinha”, entre 2001 e 2007.

Alexandre Frota acredita que vai evitar a candidatura do experiente político.

“Por mim, nomes como Baleia Rossi, Samuel Moreira, Carlos Sampaio e Alessandro Mollon são boas escolhas. E por que não uma mulher? Alice Portugal seria ótima para colocar ordem na casa”, discursou, acrescentando que vai encontrar-se com Maia e outros deputados para “definir” o rumo das candidaturas.

O ex-ator pornô só esqueceu de mencionar um detalhe: Maia também é investigado pela PGR. Ele é suspeito de receber repasses da empreiteira OAS, aquela mesma que bancou a reforma milionária no sítio do ex-presidiário, Luis Inácio Lula da Silva, em Atibaia.

Frota é um exímio colecionador de polêmicas. Em um episódio, a Associação Paulista de Magistrados precisou divulgar nota em defesa de um jurista ofendido pelo deputado.

“Os ataques descabidos desferidos por um ator contra um respeitado magistrado paulista”.

Caetano Veloso, o site Catraca Livre, Rede Globo, terreiro de umbanda, Major Olímpio, Carla Zambelli... Enfim, foram tantos os desafetos de frota quem nem o partido que o elegeu, o PSL, aguentou a “pressão” e o expulsou da sigla, em agosto de 2019.

Que moral tem Frota para tentar "barrar" alguém?

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar