Inconformada com a derrota, turma de Gilmar quer “inviabilizar o plenário” e se opor a medidas administrativas de Fux

Ler na área do assinante

Os ministros ligados a Gilmar Mendes, aqueles que seguem religiosamente o seu comando, estariam inconformados com a derrota no caso envolvendo a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado.

O voto de Fux teria intensificado o racha na corte.

O jornal Folha de S.Paulo afirma que teve ‘conversas reservadas’ com três desses ministros, que estariam prometendo ‘inviabilizar o plenário’, caso discordem da pauta encampada por Fux e ameaçam se opor a medidas administrativas defendidas pelo presidente do Supremo.

Ou seja, segundo a Folha, ministros do STF estariam ameaçando agir contra a atual gestão da instituição.

O jornal omite o nome dos tais ministros.

Fica a aparência de ‘notícia encomendada’.

O site O Antagonista, com relação a essa questão, afirma:

“A turma de Gilmar Mendes continua inconformada com a derrota deste domingo.
Ministros do STF plantaram na Folha de S.Paulo que podem ‘inviabilizar o plenário’ caso discordem das pautas de Luiz Fux e prometeram ‘se opor a medidas administrativas defendidas pelo presidente do Supremo’.”

Ou seja, segundo o site, a Folha estaria agindo a mando dos ditos ‘inconformados’, a tal ‘turma do Gilmar’.

Isso é gravíssimo. Tanto para o dito 'jornalismo profissional', como também para o próprio STF.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: Folha de S.Paulo

da Redação
Ler comentários e comentar