Gilmar vira a “chacota” dos meios jurídicos

Ler na área do assinante

O ministro Gilmar Mendes preside uma comissão de juristas que elabora um anteprojeto de um Código de Processo Constitucional.

Nessa condição, um trecho de seu destrambelhado voto de apoio às reeleições, absolutamente inconstitucionais, de Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, virou motivo de ‘chacota’ perante a comunidade jurídica, segundo observou o jornalista Claudio Dantas.

Eis o que escreveu o ‘ilustríssimo’ magistrado:

“O afastamento da letra da Constituição pode muito bem promover objetivos constitucionais de elevado peso normativo, e assim esteirar-se em princípios de centralidade inconteste para o ordenamento jurídico.”

Felizmente, a tese de Gilmar foi derrotada.

Com isso, o ministro, de fato, virou piada e saiu do episódio bastante enfraquecido.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar