Finalmente, Globo se rende à pressão do povo e JN noticia o caso "Marcius Melhem"

Ler na área do assinante

Depois que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) viraram o placar quanto à reeleição de Maia e Alcolumbre às presidências da Câmara e do Senado Federal, foi a vez da Rede Globo, maior emissora do país, se render aos apelos da população na internet e da pressão da mídia e jornais independentes.

Após uma semana de intensas críticas nas redes sociais, a TV carioca não aguentou a pressão e resolveu ler a nota oficial que produziu na edição do Jornal Nacional, desta terça-feira (08).

Os apresentadores, André Trigueiro e Ana Luiza Guimarães, justificaram os motivos que levaram a emissora a não divulgar em nenhuma das suas mídias jornalísticas as acusações de assédio moral e sexual contra o ex-diretor, Marcius Melhem.

O caso em si e a reportagem extensa feita sobre ele pela Revista Piauí foram citados no comunicado, mas a Globo não trouxe nenhuma novidade ao tema. Apenas reforçou o que já havia dito, em nota, anteriormente: compromisso de sigilo do processo.

O tal “resguardo com a investigação dos fatos, denunciantes, denunciados e testemunhas” seria o motivo “verdadeiro” que impede o Grupo Globo de comentar o caso de abuso nas dependências da empresa?

De qualquer forma, fica demonstrada a força da pressão popular.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar