Em SP, “festas” estão proibidas, mas presos do semi-aberto tem “saidinha de natal” ampliada

Ler na área do assinante

O Departamento Estadual de Execuções Criminais (DEECRIM) liberou, nesta semana, a “saidinha do Natal” em São Paulo, a partir do dia 22 de dezembro. Essas liberações estavam proibidas desde março, por causa da pandemia de covid-19.

A “saidinha de Natal” vai durar até 5 de janeiro.

Os detentos em regime semiaberto no Estado de São Paulo vão ter 15 dias de saída temporária de Natal e Ano Novo - cinco a mais do que em anos anteriores.

A liberação ocorrerá às 6h (de Brasília) do dia 22. E o retorno tem que acontecer até 18h do dia 5.

As “saidinhas” são liberadas para os presos que tenham cumprido 1/6 da pena e reincidentes que tenham cumprido 1/4 dela. O bom comportamento é requisito para o benefício.

Esses presos estavam sem saídas desde março deste ano, por causa de uma decisão da Corregedoria Geral da Justiça, atendendo a uma solicitação da Secretaria da Administração Penitenciária de São Paulo.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Fonte: G1

da Redação
Ler comentários e comentar