Augusto Nunes lembra autoridades e "imbecis em geral" que toque de recolher só o presidente pode decretar

Ler na área do assinante

O jornalista e comentarista, Augusto Nunes, escancarou todo o sentimento “preso” por brasileiros que foram flagelados aos quartos e salas de casa por meses de lockdowns consecutivos e sem comprovação científica.

Literalmente, sem um “pingo de paciência”, ele escreveu no Twitter:

“Atenção, prefeitos, Governadores, Ministros do STF e imbecis em geral: a Constituição só permite o toque de recolher – que suprime por algumas horas o direito de ir e vir – quando vigora o estado de sítio. Essa medida extrema pode ser decretada apenas pelo presidente da República”, disparou.

Em outro momento, Augusto Nunes já tinha revelado que iria desacatar a ordem do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que restringe e impõe regras para a reunião de pessoas nas festas de final de ano, como Natal e Réveillon.

“Agora, voltamos ao autoritarismo. Eu quero me declarar aqui, e não é brincadeira não, em desobediência civil. Eu vou festejar o réveillon em casa. Eu vou, depois, se quiser, eu passo o endereço para os órgãos competentes”, declarou.

Perfeito!

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar