PF chega cedo na casa de prefeito e apura eventuais falcatruas em obra que ficou R$ 34 milhões mais cara

Ler na área do assinante

A longa ficha de Rodrigo Neves causa uma certa indignação.

Como um sujeito assim pode administrar uma cidade gigantesca e importante como Niterói?

E hoje, mais uma vez, o cidadão recebeu a visita da Polícia Federal.

Foi acordado bem cedo para o cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

Desta vez, a PF apura irregularidades nas obras da Transoceânica Charitas-Engenho do Mato, que ficou 34 milhões de reais mais cara do que o previsto.

Também estão sendo investigados os contratos de publicidade da prefeitura.

Pelo visto, logo ele deve voltar para a cadeia...

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar