Prefeito petista, reeleito, não perde tempo e cria projeto para aumentar o próprio salário, do vice e de secretários

Ler na área do assinante

O prefeito do pequeno município de Amargosa, na Bahia, Júlio Pinheiro (PT), reeleito na última eleição, encaminhou projeto de lei para a Câmara dos Vereadores, aumentando o próprio salário, do vice Getúlio Sampaio (PT) e de todos os secretários municipais.

Os vereadores aprovaram o pedido, nesta quarta-feira (16). E, assim, o subsídio mensal do prefeito será de R$ 21.604,60. O do vice passa para R$ 10.781,81 e cada secretário municipal ganhará o equivalente a R$ 7.404,26. A lei entra em vigor no dia 1° de janeiro de 2021. Insensível ao momento de pandemia, o petista não perdeu tempo.

Aliás, esta não é a primeira vez que Júlio Pinheiro aumenta o próprio salário. Em abril de 2017, ele suspendeu o decreto que congelava o seu salário e o do vice-prefeito, aumentando em 26% suas remunerações, que voltou a ser R$ 18.973,00 e a do vice, Eliseu das Mercês, R$ 9.468,50.

Também em março de 2017, uma outra medida polêmica ocorreu, quando um Projeto de Lei do Executivo foi aprovado às pressas pela Câmara de Vereadores (de maioria governista), autorizando um aumento nos gastos de quase R$ 100 mil reais por mês. Na ocasião, nenhum Estudo do Impacto Financeiro e Orçamentário foi apresentado.

Em sua defesa, o prefeito chegou a argumentar que “abriu mão” de boa parte do salário por apenas três meses, período no qual teve que suspender as convocações de concursos e processos seletivos.

“Agora, que já convoquei a maior parte dos servidores que tiveram a posse suspensa e que já consegui ajustar as finanças, revoguei o decreto que eu mesmo fiz para cortar boa parte do salário do prefeito e vice”, disse, em 2017.

Com quase 38 mil habitantes, Amargosa fica a 250 quilômetros da capital, Salvador, e a maior parte dos habitantes são trabalhadores rurais.

Confira:

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar