PF, no encalço do prefeito Álvaro Dias, faz apreensão de computadores em agência de publicidade

Ler na área do assinante

Esta semana, a Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma agência de publicidade contratada pela Prefeitura de Natal (RN), onde apreendeu 3 computadores e 1 HD externo. A ação faz parte da investigação judicial eleitoral contra o prefeito eleito Álvaro Dias, do PSDB.

A investigação teve início ainda durante o período das eleições, após pedido do então candidato Jean Paul Prates, que alega ter havido abuso de poder econômico, de poder político e uso indevido de meio de comunicação social, por parte do prefeito reeleito.

A denúncia é de que a campanha do prefeito teria contratado uma empresa de fachada da agência que tem contrato com a prefeitura, já que ambas as empresas têm os mesmos sócios e empregados, além do mesmo endereço, e que as imagens utilizadas na campanha teriam sido feitas durante serviços prestados à prefeitura para a campanha contra a Covid-19.

O promotor eleitoral Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo considerou que, enquanto um lado afirma que as imagens da campanha foram produzidas em meio à execução do contrato de publicidade institucional firmado com a Prefeitura Municipal de Natal, os investigados asseguram que são materiais colhidos e editados por diferentes equipamentos e diferentes empresas. Ele considerou que, por isso, seria necessário um mandado de apreensão para melhor averiguar.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar