Fiuza detona lockdown: “Esses tiranetes estão matando as pessoas em casa” (veja o vídeo)

Ler na área do assinante

Na sexta-feira (18), o programa ‘O Pingo nos Is’, do canal da Jovem Pan no YouTube, trouxe mais um assunto polêmico: o lockdown imposto na cidade de Búzios, no Rio de Janeiro.

Com ordem para que praias, estabelecimentos comerciais, hotéis e pousadas sejam fechados, a medida também obrigava a retirada dos turistas em 72 horas.

Ao tratar do assunto, Guilherme Fiuza nos faz refletir sobre o embasamento de tais atitudes:

“Essa medida de Búzios é mais uma que carece do seu lastro técnico. Vamos falar de ciência. A ciência está em formulação ao longo de uma pandemia, a literatura está sendo feita durante a experiência. Mas você precisa de um lastro técnico. Onde está o atestado de que você, fechando praia, você salva vida? Não existe este atestado, ao contrário. As áreas mais trancadas do mundo são as que tem mais óbito por milhão”, disse ele.

E, como cidadão, se revolta com o autoritarismo que vêm sendo mostrado na tomada de decisões:

“Quando vem um atropelo dessas autoridades, que estão aí, fazendo esse papelão, fazendo política, é difícil manter a serenidade diante da quantidade de absurdos que a gente está vendo na nossa cara”, continua ele.

E lembrou, mais uma vez, que não existe comprovação de que o ‘lockdown’ tenha qualquer efeito benéfico durante a pandemia:

“Não tem justificativa sanitária, volto a dizer: a Bélgica tem até drone fiscalizando praça pública, e é o pais com mais mortes por milhão no mundo.”

Assista ao comentário de Fiuza:

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar