Senador quer 8 anos de prisão para quem não se vacinar contra o coronavírus

Ler na área do assinante

O senador do PSD da Bahia, Ângelo Coronel, que preside a malfadada CPMI das Fake News, propôs um projeto de lei que prevê prisão de até oito anos para quem se negar a tomar a vacina contra o coronavírus.

O texto propõe, inclusive, alterar o Código Penal brasileiro para que possa tipificar “condutas de não submissão à vacinação obrigatória, disseminação de notícias falsas sobre a eficácia da vacina e de desestímulo à adesão ao programa de vacinação”.

Para justificar o tamanho da pena proposta, Coronel alega:

“É urgente que se tome medidas para contenção desse mal que pode prejudicar a vacinação e atrasar ainda mais a saída do país da crise sanitária provocada pela pandemia”.

E acrescentou que “o PL aqui apresentado vem no contexto da pandemia da Covid-19, mas também é uma resposta necessária à sequência de quedas nas taxas de imunização das campanhas do Ministério da Saúde”.

À propósito, Coronel é acusado de gastar R$ 566 mil em recursos públicos com empresas de comunicação que pertencem a seus familiares e a um ex-assessor.

Os gastos foram feitos com cota parlamentar, entre 2015 e 2018, durante o mandato dele na Bahia, como deputado estadual. Ele nega que tenha atuado de forma irregular.

Em outro processo de 2019, o senador é acusado de atuar em esquema de vendas de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) para grupo de grilagem de terras que atuava no estado.

A “Operação Faroeste” descobriu, por exemplo, o caso do borracheiro, José Valter Dias, que alegava ser o dono de um imóvel de 366 mil hectares e disputava a terra com, aproximadamente, 400 produtores rurais que trabalhavam no local há mais de 30 anos.

O senador Ângelo Coronel ajudou a intermediar o acordo entre as partes e isto serviu como ponto de partida para a Operação fosse deflagrada.

Questionado se ele sabia que o acordo era ilegal, ele despistou:

"Só se eu fosse vidente para saber que havia negociação de sentença no acordo, uma vez que todos saíram de lá alegres e sorridentes”.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar