Alcolumbre usou aviões da FAB para apoiar e fazer campanha do irmão em Macapá

Ler na área do assinante

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado Federal, usou aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para apoiar a campanha eleitoral do irmão dele, Josiel Alcolumbre, à prefeitura de Macapá. Mas, apesar disso, foi o Dr. Furlan, do Cidadania, quem venceu as eleições, domingo passado (20).

Alcolumbre viajou 14 vezes, em aviões da Aeronáutica para tentar desfazer o ibope negativo da família no estado devido ao apagão ocorrido em quase todo o Amapá. Até que Josiel ia bem nas pesquisas, mas as chances desmoronaram depois da explosão dos transformadores que deixou o estado sem energia elétrica por duas semanas de novembro.

Experiente, Alcolumbre logo percebeu o que estava por vir. Por isso, solicitou ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, que adiasse as eleições; a fim de que conseguisse resolver a questão a tempo dos eleitores esquecerem o deslize. Tanto que até procurou o presidente Jair Bolsonaro, a quem faz duras críticas, para que restabelecesse a luz o quanto antes.

Com o tempo mais prolongado, dava pra ir ao estado tentar ajudar o irmão a subir nas pesquisas de opinião e foi, exatamente, o que ele fez.

Nesse período, as viagens de Alcolumbre com aviões da FAB se tornaram mais frequentes. Nem a pandemia do coronavírus evitou que os irmãos saíssem nas ruas, intensificando a campanha.

A Aeronáutica não permite que aviões da FAB sejam usados para fins particulares. O presidente Jair Bolsonaro, em 6 de março, chegou a publicar um decreto que alterava normas de transporte de autoridades nessas aeronaves. Passando a ser autorizado os voos em apenas três situações: emergência médica, motivo de segurança e viagem a serviço.

Alcolumbre não se manifestou sobre o caso. Mas, questionado sobre a derrota do irmão, tratou logo de “jogar a culpa” pro apagão:

“O maior atingido desse apagão chama-se Josiel Alcolumbre, que ia ganhar a eleição no primeiro turno, que estava caminhando para ganhar em primeiro turno a eleição”, afirmou ele à rádio Diário FM, em 12 de novembro.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar