RedeTV! entra com processo contra humorista da Globo por piada menosprezando a emissora

Ler na área do assinante

A humorista Tatá Werneck está sendo processada pela RedeTV com um pedido para pagamento de indenização no valor de R$ 50 mil.

O motivo do entrave judicial é um comentário feito por Tatá no Prêmio Multishow deste ano, que foi exibido nos dias 11 e 12 de novembro.

Durante o evento, a humorista, sempre irônica, falou sobre a roupa escolhida para a ocasião:

“Gente, não repare, eu vim de moto direto, entendeu? Eu vim assim. Peguei no varal, tá molhada ainda. Isso aqui é o orçamento de uma grade da RedeTV!. Pelo amor de Deus gente, não quero que vocês reparem”, disse ela.

Na ação, os advogados da RedeTV alegam que Tatá ironizou a qualidade de sua roupa e associou ‘de forma totalmente descabida ao orçamento e qualidade técnica’ da emissora.

“Neste contexto, podemos ver, de forma cristalina, que a Ré faz chacota da emissora Rede TV!, comparando em tom de ironia a qualidade de sua vestimenta à qualidade e capacidade financeira desta emissora. A Ré declara, de forma inegável, que a sua roupa, molhada e amarrotada, teria o orçamento igual ou maior do que o de uma ‘grade’ inteira desta emissora autora, criticando grosseiramente toda a qualidade da programação, bem como, a capacidade financeira da autora”, alegam os advogados, no embasamento do pedido.

Os advogados alegam, ainda, uma perseguição à emissora, por parte de Tatá, já que as piadas pejorativas quanto à empresa de Dallevo e Carvalho são recorrentes do repertório da humorista. Consta como exemplo, no processo, o ocorrido na edição de 2018 da CCXP, quando Tatá agradeceu a Deus por não ter integrado o Pânico na TV, em 2010, que era exibido pela RedeTV!.

“Contudo, não se pode olvidar que as atitudes da ré [Tatá] acabam por impingir nesta emissora a pecha de ser um canal de má qualidade ou ter capacidade financeira precária, prejudicando relações com investidores, talentos, anunciantes, etc.”, diz a ação.

Tatá é acusada de praticar ato ilícito e por causar danos morais à imagem da RedeTV! com suas piadas. Por esta razão, é pedido a ela o pagamento de uma indenização de R$ 50 mil.

“Os comentários levados a termos pela ré abalaram enormemente a imagem desta emissora. Tais ataques repercutiram terrivelmente entre seus telespectadores e o público em geral. A autora, empresa televisa e de mídia reconhecida nacionalmente, teve sua honra objetiva completamente maculada por comentários abusivos e sem qualquer base factual”, defendem os advogados.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar