Julgamento sobre nomeação de Lula é adiado. Provavelmente perderá a motivação

O julgamento sobre a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que seria realizado pelo STF, nesta quarta-feira (20), foi adiado.


A nova data, segundo o presidente Ricardo Lewandowski será marcada, oportunamente.

Na realidade, é bastante provável que tal julgamento nem se realize por perda do objeto, ou seja, que não mais exista motivação para a sua realização.

Isto ocorrerá se acontecer o afastamento da presidente Dilma Rousseff, o que parece inevitável.

O pedido de adiamento foi feito pelo ministro Teori Zavascki, que também é relator dos processos da Operação Lava Jato no STF.

Marco Aurélio Mello, como sempre, foi o único a discordar do adiamento, argumentando pela necessidade de ‘pacificar’ o caso.

Lula foi afastado por uma decisão do ministro Gilmar Mendes que entendeu que existia a intenção em fraudar as investigações sobre o ex-presidente na Operação Lava Jato.

da Redação

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça