Insensível, Doria aprova fim da isenção de ICMS para medicamentos e equipamentos hospitalares

Ler na área do assinante

O governador João Doria foi xingado pela população paulista neste final de ano.

O coro ensurdecedor tomou conta das redes sociais.

A reação do ‘pequeno ditador’ foi agredir Bolsonaro, que foi aplaudido pela mesma multidão..

Como se o presidente da República tivesse alguma culpa na impopularidade de governador.

A revolta do povo contra Doria é traduzida por suas próprias atitudes.

Suas ações nesse fim de ano são inexplicáveis e absurdas, notadamente em tempos de pandemia.

Além de acabar com a gratuidade na passagem de ônibus para idosos, o governador também aprovou o fim da isenção do Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) para medicamentos e equipamentos hospitalares para o setor da saúde.

Age como um tirano, impiedoso com a população mais humilde.

Gonçalo Mendes Neto. Jornalista.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você ainda terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacaoFonte: Correio Braziliense

da Redação
Ler comentários e comentar