Na véspera do “tratoraço”, Doria ‘amarela’ e recua

Ler na área do assinante

O “ditador da calça apertada” literalmente ‘amarelou’ na sua sanha contra a população de São Paulo.

Produtores rurais organizaram um grande protesto para a esta quinta-feira (7) contra o fim da isenção de 4,14% sobre o ICMS dos produtos agrícolas e outras alterações promovidas pelo governador João Doria, que só iriam prejudicar a população.

Mais de 150 municípios de diversas regiões paulistas confirmaram participação no "Tratoraço".

Na noite desta quarta-feira (6), Doria fez a seguinte publicação nas redes sociais:

“Após reunião com a equipe econômica do Governo de SP, determinei o cancelamento de qualquer alteração de alíquota de ICMS em alimentos, medicamentos e insumos agrícolas. Na nossa gestão nada será feito em prejuízo da população mais vulnerável.”

Confira

Recuou no último minuto, porque pressentiu o tamanho do protesto.

Com tiranos, como tem se mostrado João Doria, só a força popular.

Joga o decreto e dependendo da repercussão volta atrás ou não. Só funciona com pressão...

Certamente, o governador vai apostar no enfraquecimento do movimento. Esse é apenas um recuo estratégico.

Doria não tem nenhuma preocupação com a sociedade.

De qualquer forma, o "Tratoraço" está mantido.

O governador vai sair do episódio ainda mais desmoralizado.

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Precisamos da ajuda do nosso público. Para tanto, assine o JCO por apenas R$ 9,99 mensais, e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido...

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar