João Doria não foi ridicularizado em TV americana: O vídeo é falso (veja o video)

Ler na área do assinante

ATUALIZAÇÃO 22/01/2021 às 20:22

Originalmente informamos que o governador João Doria teria sido ridicularizado na TV americana por apresentadores de um canal de TV terem rido dele. Entretanto, segundo a agência AFP, no vídeo de 2017, os jornalistas riam de um ‘gato brincando de esconde-esconde dentro de uma sacola de papel. Fica feito o registro.

Diz ainda a agência:

'A gravação de 14 segundos, que circulou em larga escala no Instagram (1, 2, 3) e no Twitter (1, 2, 3), mostra dois jornalistas rindo e mais abaixo, na tela, a seguinte informação sobreposta: “Doria governor without credibility” e “CoronaVac efficacy rate still meets the 49%” (“Governador Doria sem credibilidade” e “Taxa de eficácia da CoronaVac atinge 49%”, em tradução do inglês).'

E prossegue:

"Mas, diferentemente do que assinalam as postagens viralizadas, os apresentadores do jornal não estavam rindo da eficácia da CoronaVac ou do governador de São Paulo.

Uma busca no YouTube pelas palavras “american tv news + anchor + laughing” (“notícias tv americana + âncora + rindo”) levou a um compilado de vídeos publicado em março de 2020 de várias situações em que apresentadores riram durante as transmissões.

Aos 5 minutos e 40 segundos da sequência vê-se o mesmo homem e a mesma mulher que aparecem nas postagens viralizadas há alguns dias, mas que estavam rindo, na realidade, do vídeo de um gato dentro de uma sacola de papel, aparentemente brincando com alguém por trás da câmera, anteriormente passado aos telespectadores.

Abaixo dos âncoras na tela estava a seguinte afirmação: “Cat plays peek-a-boo with bag” (“Gato brinca de esconde-esconde com sacola”), confirmando o tema que era abordado no momento em que começaram a rir.

Uma pesquisa no Google por esses termos em inglês, por sua vez, levou ao vídeo original, publicado em 22 de agosto de 2017 na conta no YouTube da THV11, uma emissora do estado do Arkansas filiada à CBS.

Intitulado “Laura can't stop laughing about this cat in McDonald's bag” (“Laura não consegue parar de rir do gato na sacola do McDonald’s”), o vídeo é consideravelmente maior do que o trecho viralizado nas redes e mostra como a cena ocorreu.

A gravação é de um trecho do programa This Morning e mostra dois de seus apresentadores, Rob Evans e Laura Monteverdi.

É possível identificar que a suposta informação sobreposta na tela a respeito de Doria e da CoronaVac foi posteriormente inserida para que parecesse que os jornalistas riam dessas informações, quando, na verdade, o texto falava sobre o vídeo do gato.

Monteverdi também postou em sua página no Facebook a gravação em que aparece rindo do vídeo do gato ao lado de Evans, motivo agora atribuído ao governador Doria e à eficácia da CoronaVac."

E finaliza o texto da AFP:

“Em 2017, ano em que o vídeo foi originalmente publicado, o novo coronavírus sequer havia sido detectado, o que aconteceu apenas em dezembro de 2019.

Em 12 de janeiro de 2021, foi divulgado que a vacina contra a covid-19 CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e pelo Instituto Butantan, mostrou eficácia geral de 50,38% nos testes feitos no Brasil.

O Butantan reforçou o anúncio de que o imunizante faz com que 78% das pessoas vacinadas, caso sejam infectadas com o vírus SARS-CoV-2, tenham apenas formas leves da doença e evita que 100% desenvolvam formas graves.

A CoronaVac esteve no centro de uma guerra política entre Doria e o presidente Jair Bolsonaro, que chegou a chamar o imunizante de “a vacina chinesa de João Doria”.

Um conteúdo semelhante foi checado pelas equipes do Estadão Verifica e do E-farsas.

Em resumo, é falso que o vídeo de dois âncoras de um telejornal rindo tenha relação com a divulgação da eficácia da CoronaVac ou com o governador de São Paulo, João Doria. As risadas tiveram como motivo a gravação de um gato brincando de esconde-esconde em uma sacola de papel, e a sequência agora viralizada é uma montagem baseada em um vídeo de agosto de 2017.”

Confira o vídeo:

ATENÇÃO! Agora você tem a opção de assinatura do JCO com boleto!

Um movimento anônimo, criminoso e fascista está tentando destruir o Jornal da Cidade Online.

Eles não admitem o debate. Querem castrar a liberdade de expressão e impor o pensamento único.

Para tanto, tentam zerar nossas receitas, praticando o terrorismo junto a nossos anunciantes.

Precisamos da ajuda do nosso público. Para tanto, assine o JCO por apenas R$ 9,99 mensais, e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido...

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar