"Fora de época", Governo do Rio autoriza carnaval fora de época

Ler na área do assinante

Cláudio Castro (PSC), governador em exercício do Rio de Janeiro, sancionou lei que oficializa o tradicional Carnaval do estado fora de época. A determinação foi publicada em edição extra do Diário Oficial, nesta terça-feira (12/1).

De acordo com o gestor estadual, o intuito do decreto é incentivar a economia e estimular o turismo e o lazer, “com a criação de postos de emprego e venda de produtos e serviços”.

Castro é governador em exercício do Rio desde agosto de 2020, quando Wilson Witzel foi afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele é suspeito de envolvimento em irregularidades nas compras para a contenção da pandemia da Covid-19. A investigação apontou que uma organização criminosa foi instalada no governo estadual, desde que Witzel assumiu o cargo, em 2019. Integrantes da gestão do Estado teriam, inclusive, loteado as principais secretarias para beneficiar empresas.

Cláudio Castro, por sua vez, também está envolto em polêmicas. Recentemente, ele foi muito criticado por aumentar o próprio salário, de secretários estaduais e até de Witzel, no início de janeiro. O aumento dos vencimentos vai causar um rombo de quase um milhão de reais por ano ao Rio, que está em estado de calamidade pública financeira desde 2016.

A Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade do Rio de Janeiro (Sebastiana), se manifestou contra o projeto de lei de Cláudio Castro.

A entidade destacou que a festa só será possível com a imunização da população e que a determinação não leva em consideração as questões sanitárias atuais.

“Não é o momento de pensarmos em carnaval, se a gente não sabe nem quando começa a vacinação. Ele não pode falar no nosso nome, como foi feito, que os blocos vão aderir. Os blocos não vão aderir a nada. Os blocos vão fazer carnaval quando tiver uma situação segura no Rio de Janeiro, que todos estiverem vacinados, que a imunização tiver sido alcançada. Aí, a gente pode marcar o carnaval”, disparou Rita Fernandes, presidente da Sebastiana.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar