Mesmo com repasses do Governo Federal, Amazonas tem dificuldades no combate à pandemia

Ler na área do assinante

ATUALIZAÇÃO 22/01/2021 às 18:30

Originalmente informamos que o governo federal enviou R$ 884 milhões em recursos para combate à covid-19, mas apenas R$ 267 milhões teriam sido declarados. Entretanto, segundo o Estadão Verifica, a informação não procede, pois os valores citados estavam desatualizados e sem contexto. Fica feito o registro.

Diante do repentino aumento de contaminação da Covid-19 no estado do Amazonas, no início deste ano, a população começou a questionar onde estariam os valores repassados pelo Governo Bolsonaro para combate ao vírus.

Ao que parece, todo o recurso repassado pelo governo federal não foi o suficiente para combater a pandemia no Estado.

Mesmo com os repasses, o estado comandado por Wilson Lima parece não ter conseguido conter o agravamento e a proliferação da doença.

Vale ressaltar que o governador já foi denunciado duas vezes, em 2020, pelo Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam).

Mário Vianna, presidente da entidade, bem que tentou protocolar pedido de impeachment contra Wilson e o vice, Carlos Almeida, por acusação de crime de responsabilidade. Mas, a solicitação foi arquivada por integrantes da Assembleia Legislativa do Estado.

Em dezembro do ano passado, o Simeam voltou a formalizar novo pedido de impedimento para o governante do Amazonas, alegando “farta comprovação da prática de crime de responsabilidade e improbidade administrativa”.

O pedido ainda não foi analisado pelos parlamentares.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora, você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura: https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

Mário Vianna
Mário Vianna
da Redação
Ler comentários e comentar