Marina tenta 'lacrar' em cima de Bolsonaro e é 'silenciada' por deputado: "Sua fama de tartaruga se explica (...)"

Ler na área do assinante

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (Rede-AC), usou o Twitter, nesta sexta-feira (15), para criticar a postura do presidente Jair Bolsonaro em relação à grave crise de saúde pública que assola o estado do Amazonas e foi repreendida pelo deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), que compartilhou a mensagem dela e rebateu os julgamentos.

Na rede social, Marina escreveu:

“Acabou o oxigênio nos hospitais de Manaus. Muitas vidas estão em sério risco, além das sequelas cerebrais que podem se tornar permanentes. É uma situação gravíssima e dramática, que exige uma resposta urgente do Governo Federal”.

Em resposta, o pastor evangélico rebateu:

“Sua fama de tartaruga se explica mesmo. Enquanto você escrevia esse texto, o avião da FAB estava aterrissando em Manaus com 386 cilindros de oxigênio, 27 barracas climatizadoras, 20 climatizadoras, 9 condicionadores de ar, 42 luminárias, 5 geradores, móveis e equipamentos hospitalares”, detalhou Otoni.

E acrescentou:

“O Governo Bolsonaro sempre cumprirá seu papel, quando demandado”, disparou.

Em entrevista à imprensa, o próprio governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), já havia eximido o Governo Federal de culpa na recente alta de contaminação por Covid-19, em Manaus.

“Recebemos do Governo Federal equipamentos como bombas e respiradores. Estamos sendo socorridos, nesse momento, com a questão das miniusinas, que estão chegando, aqui, no estado do Amazonas, e serão instaladas nos hospitais”, elogiou.
“O Governo Federal tem sido um grande parceiro do estado do Amazonas no combate à pandemia”, defendeu Lima.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora, você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você!

Faça agora a sua assinatura: https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar