Bolsonaro zera impostos de cilindros de oxigênio

Ler na área do assinante

Na última sexta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que os impostos de importação de respiradores automáticos, monitores de sinais vitais, sensores e tanques de O2, entre outros itens, serão reduzidos à zero a partir deste sábado (16).

A Câmara do Comércio Exterior (Camex) zerou o imposto sobre estes itens com o objetivo de facilitar a aquisição dos equipamentos para as unidades de saúde de Manaus, que tem enfrentado uma grave crise, devido ao grande número de internações em razão da Covid-19 e à falta de oxigênio.

Bolsonaro declarou que o governo federal fará o possível na redução de impostos para facilitar a solução dos problemas enfrentados em Manaus:

“A CAMEX se reuniu em caráter emergencial e reduziu para zero o imposto de importação de diversos itens como: respiradores automáticos, monitores de sinais vitais, sensores e tanques de O2. – As medidas passam a valer a partir de amanhã, 16/janeiro”, escreveu Bolsonaro.

E complementou:

“Sempre que possível, reduziremos impostos para facilitar o acesso de insumos e bens necessários à população para o combate ao COVID-19”.

A Camex fez, ainda, uma reunião extraordinária para zerar o imposto de importação de cilindros para armazenamento de oxigênio devido ao colapso do sistema de saúde de Manaus.

A reunião foi solicitada pelo secretário especial de Comércio Exterior, Roberto Fendt, e pelo secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys.

Em tempos de "censura", precisamos da ajuda do nosso leitor.

Agora você pode assinar o Jornal da Cidade Online através de boleto bancário ou com o cartão de crédito.

Por apenas R$ 9,99 mensais, você não terá nenhuma publicidade durante a sua navegação e terá acesso a todo o conteúdo da Revista A Verdade.

É simples. É fácil. É rápido... Só depende de você! Faça agora a sua assinatura:

https://assinante.jornaldacidadeonline.com.br/apresentacao

da Redação
Ler comentários e comentar