Deputado Jean Wyllys mentiu (Veja o vídeo)

Após os lamentáveis acontecimentos do dia 17 de abril, quando os nossos representantes na Câmara Federal, proporcionaram para o país um triste espetáculo, com cenas patéticas, grotescas e nada condizentes com o cargo que ocupam, as máscaras lentamente vão quedando.


Raquel Muniz, deputada federal mineira, foi a primeira a ser desmascarada. Teve o marido, prefeito de Montes Claros (MG), preso por envolvimento com corrupção, logo no dia seguinte ao dia da votação.

Jean Wyllys, protagonista da nojenta ‘cusparada’ sobre o deputado Jair Bolsonaro, também está prestes a ser desmascarado.

Um vídeo postado na internet demonstra que não houve qualquer xingamento, conforme alegado pelo ex-BBB. As únicas palavras pronunciadas por Bolsonaro, após o voto de Wyllys foram ‘tchau querida’, alusão a expressão que se popularizou, depois que o ex-presidente Lula e a presidente Dilma tiveram revelado o ‘grampo’ de uma conversa.

Ademais, o que é mais grave, é que numa conversa, pouco antes da cusparada, Jean Wyllys avisa a um colega sobre suas intenções, quando se percebe nitidamente ele dizendo repetidas vezes: ‘vou cuspir na cara do Bolsonaro”

A atitude, se investigada e comprovada, pode efetivamente caracterizar a falta de decoro do deputado Jean Wyllys.

da Redação

Veja o vídeo:

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política